Ainda coisas de pilinhas

- 9.11.06

Coisas de Pais

Então não é que o tamanho importa?
O meu filho Afonso é dotado de uma grande pilinha. A primeira coisa que o obstetra disse assim que tirou o meu filho de dentro de mim foi “Que grande pilinha!”. O pai encheu-se de orgulho, a mãe tinha coisas mais importantes em que pensar naquele momento, como emocionar-se com o primeiro filho e dizer ao médico que tinha que tirar a placenta toda porque já tinha lido não sei aonde que não podia ficar lá nada.
Enfim, o Afonso foi crescendo e, com ele, a sua pilinha. Agora já com três anos, não há vez nenhuma em que não faça xixi que não olhe para ela e não diga “É grande, não é, mãe?”. Como em casa ninguém anda propriamente a falar do tamanho das pilinhas, imagino que a conversa venha da escola. Será que os miúdos de três anos já comparam o tamanho das pilinhas? Ainda não sabem os números, para as medir, mas será que o tamanho já conta no infantário?
Também me interrogo às vezes sobre o que pensarão as pessoas sobre o tamanho das pilinhas dos filhos dos outros. Porque uma pilinha grande ou pequena sai sempre a alguém. “Tens os olhos da tua mãe!”, “Tens a boca do teu pai”... Da pilinha ninguém fala, mas aposto que as pessoas pensam a quem sairá uma pilinha grande ou pequena. Felizmente que as mães não entram nessa interrogação genética (não têm pilinha, ok? Pelo menos por enquanto). Pobre pai e pobres avôs, ali vasculhados nas suas partes íntimas por causa da pilinha de uma inocente criança...
PS – Prometo que amanhã mudo de assunto.

You May Also Like

1 comentários

  1. Hahahaaha... venho eu a procurar se é normal meu filho ter uma pilinha tão grande e deparo me com essa!
    Apesar de ser de 2006 deve ser dos mais recentes post a falar sobre o assunto,p ois até o google não me permitiu fazer a pesquisa( com razão acredito)!
    Afinal não deve ser tão normal e até fico um pouco constrangida qnd imaginam a do papai😊.
    Passando para deixar um alívio à quem, como eu não sabe oq pensar nem a quem recorrer nessas situações.

    ResponderEliminar